Entre em contato conosco - Acesse nosso site

Entre em contato conosco - Acesse nosso site
NUTRY UP- (21) 99386-8660

NOSSOS SERVIÇOS

NOSSOS SERVIÇOS
Manual de Boas Práticas, POPs , Treinamentos

Cartilha da ANVISA- para orientação de Manipuladores de Alimentos

Aproveitamento Integral dos Alimentos

Aproveitamento Integral dos Alimentos
MESA BRASIl

Evite as ciladas do namoro que te fazem engordar ( site minha vida)

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Segue abaixo artigo postado pelo site minha vida onde fui entrevistada

Por Ana Maria Madeira Publicado em 25/5/2010

Não faltam estudos dizendo que quem começa um namoro ou um casamento passa apuro com a balança. Em geral, muitos casais reclamam que a relação traz alguns quilos a mais. Uma pesquisa realizada por cientistas da Universidade de Queensland, na Austrália, comprovou que mulheres engordam 10 quilos em média, após assumirem compromisso estável. Já a média entre os homens é de 7,5 quilos. Para a nutricionista da Nutryup, Lidiane Martins, quando estamos mais felizes em relações estáveis, nosso apetite pode aumentar. "Queremos partilhar o prazer, aí saímos mais para jantares, cinema - sem perceber o peso aumenta", diz




Desencalhei, logo desencanei

Um dos fatores está ligado à conquista. Quando encontramos a cara-metade e estamos satisfeitos sentimentalmente, a vontade de conquistar outras pessoas diminui, junto com a preocupação com a aparência. O técnico em TI Pablo Balieiro, de 25 anos, conta que engordou dez quilos durante um namoro de dois anos e meio. "Eu me sentia aceito, seguro. Sabe quando você se acomoda? Tipo: 'pronto, achei alguém, agora vou relaxar'."

Esse pensamento é frequente entre os pombinhos, sendo um dos motivos do ganho de peso. De fato, por um lado é importante não se cobrar tanto em relação à aparência. Mas, para o terapeuta Vicente Godino, "a extrema preocupação com a imagem não nos deixa, muitas vezes, relaxar e curtir o outro de verdade". Entretanto, se você descuidar do próprio peso, da aparência, sua saúde e sua autoestima ficarão comprometidas, o que só faz mal aos seus relacionamentos.

Há também o fator influência: quando seu companheiro tem um estilo de vida diferente do seu, você tem grandes chances de acabar tomando emprestado alguns de seus hábitos, afinal, vocês passam boa parte do tempo juntos. A designer Renata Moraes, 27 anos, engordou cinco quilos quando namorava um obeso e acha que isso teve, sim, influência no seu ganho de peso. "Quando vi que estava engordando por conta dos passeios gordos que fazíamos e das gostosuras que estavam sempre no nosso cardápio, comecei a ficar com receio de me tornar obesa. Isso acabou abalando meu relacionamento com ele também", avalia ela.

Gostosuras de namorar

Sair para jantar naquele restaurante delicioso, com direito a sobremesa - ou ficar em casa assistindo a um filminho, com direito a muita pipoca e ganhar bombons de presente: tudo tão típico (e tão bom!) em um namoro, mas nada light. "Acabamos comendo mais, porque a alimentação está ligada aos sentidos e ao estreitar de laços, que são dois pontos que queremos estimular quando estamos com o parceiro", diz a nutricionista Lidiane Martins.

O linguista Diego Jiquilin Ramirez mora na Espanha e está namorando há cinco meses. Ele assume que somar a novidade das delícias da gastronomia espanhola a um novo relacionamento não tem feito nada bem para a balança. "É muito gostoso fazer o turismo gastronômico ao lado de alguém. E quando não saio de casa, sempre tem algo romântico (e piegas) na geladeira: chocolates, morango com chantilly...". Além disso, seu namorado, Santiago Canto Ortiz não hesita em cozinhar delícias típicas bem calóricas na tentativa de agradá-lo. "E como não recuso comida, não vejo problema em comer tudo que ele prepara", completa.

A programação gastronômica do namoro costuma levar a culpa pelos números a mais no manequim. Livia Di Bartolomeo conta que os programas com o namorado Thiago Gonçalves sempre acabam girando em torno de comida. "Quando não tem nada para fazer é sempre: 'vamos comer?'. Tudo é desculpa para comer, menos a fome. Depois de ir ao cinema, vem pizza. Vamos a um restaurante bater um papo, e mais comida!". Com 23 anos, Livia engordou seis quilos desde que começou a namorar, há pouco mais de cinco anos e está lutando para perdê-los. Houve um processo radical de mudança no cardápio de Livia, que tinha uma alimentação bem restrita, não comia nada que fosse considerado junkie food, nem refrigerante e doces - o que mudou totalmente desde que conheceu Thiago.

Sai deste corpo que não te pertence!

Mudar os hábitos junto com a pessoa amada não é algo tão simples. Mas se você anda insatisfeito com a balança, saiba que seu companheiro pode te ajudar. Se não for possível conciliar dias da semana de malhação, ao menos substituam alguns programas por algo com mais movimento. Uma caminhada no parque é, além de saudável, algo romântico, assim como um passeio de bicicleta ou um banho de mar. Fazer exercícios físicos junto com alguém pode ser benéfico, uma vez que a interação social ajuda tanto você a se sentir estimulado, quanto a estreitar os laços com o parceiro. Mas nada de desistir na primeiras semanas, como fez a jornalista Monique Tobias: "engordei dez quilos no meu atual namoro, que dura quatro anos. Por um tempo, começamos a fazer caminhada juntos, mas já desisti, pois não gosto de exercícios. Agora tentarei uma dieta, para correr atrás do tempo perdido", conta ela.

Ah, os restaurantes!

Substituir os roteiros gastronômicos também é importante. No cinema, a pipoca é até permitida, mas opte pelo um saco médio e divida com seu companheiro. Quando saírem para jantar, uma boa dica é optar por refeições a la carte e evitar rodízios, já que tendemos a exagerar na quantidade. "Se o prato for grande, peçam um e dividam. Dessa forma, vocês evitam as calorias extras", diz a nutricionista Lidiane Martins. Dispensem o couvert, para economizar calorias desnecessárias. Confira abaixo, outras dicas da especialistas para manter o peso sob controle.

- Em um restaurante japonês, por exemplo, evite os rolinhos primavera, o tempurá e o hot philadelphia que são preparações fritas e calóricas. Prefira outras opções saudáveis na culinária oriental como shitake, shimeji, missoshiro, camarões cozidos, frango grelhado, sashimi, tofu e legumes.

- Quem não dispensa organizar um churrasco para os amigos e a família pode torná-lo mais magro, evitando carnes gordas como cupim, a picanha e a maionese. Opte por peixe, frango e espetinho de legumes e saladas.

- Na pizzaria, também é bom evitar os rodízios; escolha um restaurante com opções mais saudáveis, como pizzas de rúcula com tomate seco, brócolis e atum. Evite sabores gordurosos como quatro queijos, presunto, pepperoni, calabresa e pizzas doces de sobremesa.

- Na escolha de bebidas, drinks alcoólicos, vinho e cerveja podem ficar reservados para datas especiais, pois essas bebidas possuem muitas calorias, bem como refrigerantes. A melhor opção são os sucos naturais sem açúcar.

- É fato que fazer uma reeducação alimentar e dieta junto com o parceiro traz um bom estímulo e, consequentemente, mais resultados. Entretanto, quem decide fazer um regime em conjunto deve tomar alguns cuidados, pois seguir exatamente o mesmo cardápio que não faz sentido e pode trazer riscos à saúde. "O acompanhamento nutricional é fundamental nessas horas e é algo individualizado", diz Lidiane.



XXI Congresso Brasileiro de Nutrição - CONBRAN- Joinville - SC

domingo, 23 de maio de 2010




De 26 a 29 de maio em Joinville- SC , orientados pelo tema central “Alimentação e Nutrição - Parcerias para um Desenvolvimento Sustentável”, acontecerá o XXI Congresso Brasileiro de Nutrição - CONBRAN

Na programação vários assuntos relevantes serão abordados desde o direito humano a alimentação adequada, interação gene-dieta, os novos padrões de crescimento, as anorexias contemporâneas, os parâmetros que envolvem a formação do nutricionista, até a polêmica entre propaganda e ética na alimentação infantil.

 Nesta nova edição, o XXI CONBRAN soma a força de dois novos encontros de profissionais do setor, marcando um período especial para os nutricionistas brasileiros. O CONBRAN dividirá espaço com o I Congresso Ibero-americano de Nutrição e o I Simpósio Brasileiro de Nutrição Esportiva.

O I Congresso Ibero-americano de Nutrição vai promover a cooperação técnico-científica e aproximar profissionais do Brasil, Argentina, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, República Dominicana, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Guiné Equatorial, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico, Uruguai e Venezuela.


Segundo os organizadores a  programação será rica em todos os aspectos, adornada com agendas culturais, e atividades paralelas, que pretendem envolver o público e promover um ambiente fraterno.

Para maiores informações com inscrição e programação acesse :
http://www.asbran.org.br/conbran/


Estarei lá durante o evento, apresentando trabalhos e trazendo informações para os interessados em Alimentação , Nutrição , Sáude, Educação e Gastronomia

6ª. Feira Internacional de produtos Orgânicos e Agroecologia - Bio Brazil Fair 2010

sábado, 22 de maio de 2010

Esta acontecendo em São Paulo até amanhã ( 23/05/2010) a  6ª. Feira Internacional de produtos Orgânicos e Agroecologia - Bio Brazil Fair 2010 que reune  empresas do segmento orgânico. Com entrada gratuita e aberta ao público a feira possibilita a compra direta do produtor e é voltada para atacadistas, distribuidores, exportadores e importadores, fabricantes, lojistas, hotéis e restaurantes, supermercados, processadores, produtores e profissionais de saúde.
A  a Bio Brazil Fair traz diversos produtos como achocolatados, molhos de tomate, geléias, café solúvel, leite em caixinha, iogurtes, chás em saquinhos, cereais matinais e grãos.
Paralelamente a  Bio Brazil Fair 2010 acontece a  6ª edição do Fórum Brasileiro de Agricultura Orgânica e Sustentável e o Ciclo Aberto de Palestras e também a Naturaltech – 6ª Feira Internacional de Alimentação Saudável, Produtos Naturais e Saúde, desenvolvida para lançar e promover novidades em vida natural, a feira reúne alimentos funcionais, probióticos, macrobióticos, integrais, diet e light, suplementos e fitoterápicos, cosméticos naturais e terapias complementares.
Serviço
Bio Brazil fair 2010 - 6ª. Feira Internacional de produtos Orgânicos e Agroecologia
Local: Pavilhão da Bienal do Parque Ibirapuera
Data: de 20 a 23 de Maio
Horário: das 11 às 20 horas
Evento aberto ao público com entrada franca

Sopas: esquente-se com elas e mande os quilos embora

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Segue abaixo artigo postado pelo site minha vida onde fui entrevistada

Há opções leves, mas não é toda sopa que é amiga da dieta

Por Ana Maria Madeira Publicado em 11/5/2010

Vem chegando o inverno e a vontade de se esquentar se estende à alimentação: bebidinhas quentes, doces, sopas. Nessa onda, a tendência é engordar. Mas os caldinhos que tanto agradam não precisam ser vilões na sua dieta. 


"A sopa é benéfica para quem busca emagrecer porque a maior quantidade de água traz uma sensação de saciedade, além de contribuir para a digestão", diz a nutricionista da Unifesp Myriam Najas. Entretanto, a sopa não é garantia de perda de peso, e nem sempre é uma opção magra.

O ideal é que não contenha muitas carnes, massas, óleo no preparo, temperos artificiais e queijo. Mas também não precisa ser aguada nem sem graça: se você quiser engrossá-la e deixá-la mais nutritiva, vale bater no liquidificador ou acrescentar apenas alguns vegetais batidos ao caldo. "Na compra dos ingredientes sempre utilize que estejam na safra e de preferência orgânicos. Durante a preparação nunca jogue a água do cozimento fora , esta caldo é rico em nutrientes", explica a nutricionista Lidiane Martins. Evite o pão como acompanhamento, e caso queira consumi-lo utilize o pão integral. Ervas aromáticas darão o toque especial e adicionam mais sabor e nutrientes.

Se você vive correndo contra o tempo, vale sim colocar macarrão instantâneo, em vez do tradicional, mas evite o tempero que vem com ele, pois contém muito sódio. "As sopas prontas em pó também levam edulcorantes demais, o que acrescenta uma dose de sódio nada saudável à sua dieta", explica Myrian. 

Pode todo dia?
Não é recomendável ingerir sopa diariamente, pois isso pode afetar sua mastigação: "a mastigação também faz parte do processo de digestão, é como se ela avisasse o organismo que há um bolo alimentar chegando. Sendo assim, ingerir muito alimento líquido pode, a longo prazo, tornar seu intestino mais lento", diz Myrian. Então, nada de apelar para a dieta das sopas!

Uma ótima alternativa, recomenda a nutricionista, é colocar a sopa como a entrada da refeição principal, como se fosse a salada - rejeitada por muitos nas épocas mais frias. Mas ela deve conter uma boa quantidade de legumes e verduras para ser uma boa substituta. Assim, de quebra, você mata a fome e come menos na refeição principal. Confira receitas que prometem quebrar o gelo deste inverno e dar uma mãozinha à sua dieta.
 
 

13 de Maio- Dia do Chef de Cozinha

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Os 10 Passos para a Alimentação Saudável

Hoje recebi um e-mail de uma amiga que enviava em anexo os dez passos para uma alimentação saudável para todos ( adultos) do Ministério da Saúde, achei o assunto muito  interessante e fui pesquisar. 

Eu já conhecia e inseria nas minhas atividades , os dez passos para as crianças menores de 2 anos e os dez passos para as crianças. Mas achei muito interessante essa proposta que deve ser divulgada .





Alimentação Saudável para todos:
Siga os Dez Passos

1) Faça pelo menos 3 refeições (café da manhã, almoço e jantar) e 2 lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições. 

2) Inclua diariamente 6 porções do grupo do cereais(arroz, milho, trigo pães e massas), tubérculos como as batatas e raízes como a mandioca/macaxeira/aipim nas refeições.Dê preferência aos grãos integrais e aos alimentos naturais.

3) Coma diariamente pelo menos 3 porções de legumes e verduras como parte das refeições e 3 porções ou mais de frutas nas sobremesas e lanches.

4) Coma feijão com arroz todos os dias ou , pelo menos, 5 vezes por semana. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e bom para a saúde. 

5) Consuma diariamente 3 porções de leite e derivados e 1 porção de carnes, aves, peixes ou ovos. Retirar a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes da preparação torna esses alimentos mais saudáveis!

6) Consuma, no máximo, 1 porção por dia de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina. Fique atento aos rótulos dos alimentos  escolha aqueles com menores quantidades de gorduras trans.

7) Evite refrigerantes e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas doces e outras guloseimas como regra da alimentação. 

8) Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa. Evite consumir alimentos industrializados com muito sal (sódio) como hambúrguer, charque, salsicha, lingüiça, presunto, salgadinhos, conservas de vegetais, sopas, molhos e temperos prontos.

9) Beba pelo menos 2 litros (6 a 8 copos) de  água por dia. Dê preferência ao consumo de água nos intervalos das refeições.

10) Torne sua vida mais saudável. Pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite as bebidas alcoólicas e o fumo. Mantenha o peso dentro de limites saudáveis.


Caso queira conhecer o folder do Ministério da Saúde ou conhecer outros 10 passos para alimentação saúdavel - publicação do Ministério da Saúde acesse : http://portal.saude.gov.br/portal/saude/area.cfm?id_area=1444

Outras Publicações :

Série Temática “Os 10 Passos para a Alimentação Saudável”: 
:: Alimentação Saudável para Adolescentes


Resolução RDC 19/2010 - ANVISA- Norma garante direito à informação sobre fenilalanina em alimentos

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Segue abaixo informações sobre Resolução RDC 19/2010, publicada pela ANVISA na última quinta feira dia 6 de maio de 2010 , sobre  a quantidade de fenilalanina, proteína e umidade presentes nos alimentos que deverão estar disponíveis no portal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e nos sites ou serviços de atendimento ao consumidor (SACs) das empresas produtoras de alimentos. 



"
Informações sobre a quantidade de fenilalanina, proteína e umidade presentes nos alimentos deverão estar disponíveis no portal da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e nos sites ou serviços de atendimento ao consumidor (SACs) das empresas produtoras de alimentos. É o que determina a Resolução RDC 19/2010, publicada pela Agência, nesta quinta-feira (6).

A medida é valida para alimentos que possuem teores de proteína entre 0,10% e 5,00% como: molhos de tomate, creme de leite, arroz, balas, bombons, entre outros. “Essas informações serão essenciais para os nutricionistas elaborarem, com segurança, a dieta dos quase 1,5 mil brasileiros fenilcetonúricos”, afirma Maria Cecília Brito, diretora da Anvisa.

A fenilcetonúria é um erro inato no metabolismo humano que resulta da dificuldade do organismo em converter a substância fenilanina em tirosina (um dos componentes essenciais das proteínas dos seres vivos). Essa deficiência aumenta a quantidade de fenilalanina no sangue e tecidos e gera problemas, como: atraso no desenvolvimento neuropsicomotor, hiperatividade, convulsões, comportamento agressivo ou tipo autista e retardo no crescimento.

O tratamento dessa doença se dá por meio de uma dieta com alimentos de baixo teor em fenilalanina. Por outro lado, por se tratar de uma substância essencial aos seres humanos, essa dieta deve conter quantidade suficiente de fenilalanina, de forma a evitar uma síndrome por carência da substância.

Em geral, frutas, hortaliças e outros alimentos com baixo teor de proteína são mantidos na dieta dos pacientes e oferecidos quantitativamente de acordo com a tolerância individual. “Com elaboração de uma tabela sobre o conteúdo de fenilalanina em alimentos, essas pessoas poderão ter acesso controlado a uma série de alimentos que antes não faziam parte do seu dia a dia”, explica a diretora da Anvisa.

Classificação

A norma da Anvisa classifica os alimentos em cinco categorias prioritárias. As empresas terão prazos específicos (entre agosto de 2010 e julho de 2012) para apresentar os laudos sobre o teor dessas substâncias para a Agência e disponibilizar essas informações para a população.

“Essas categorias foram estabelecidas de acordo com as necessidades nutricionais prioritárias dos fenilcetonúricos, com base em informações apresentadas por profissionais do  Programa Nacional de Triagem Neonatal do Ministério da Saúde”, complementa Maria Cecília. Esse programa acompanha os fenilcetonúricos desde a coleta da amostra (teste do pezinho nos recém nascidos), tratamento e seguimento dos pacientes por equipe multidisciplinar.

A Anvisa já oferece na internet, desde 2009, informações sobre teores de proteína e fenilalanina nos alimentos in natura.
Danilo Molina – Imprensa/Anvisa  

Fonte : ANVISA em 10/05/2010

26º Fispal Food Service

A 26º Fispal Food Service é a única feira da América Latina que apresenta produtos e soluções para toda a cadeia produtiva do setor – restaurantes, padarias, bares, lanchonetes, redes de fast-food, sorveterias, supermercados, lojas de conveniência, hospitais, escolas, empresas de catering e de refeições coletivas, hotéis, motéis, clínicas, clubes, cozinhas industriais, bufês e instituições públicas.




Data: 7 a 10 de junho
Local: Expo Center Norte, São Paulo
Horário de funcionamento: 13 às 21 h


Atrações Especiais


IV Copa Brasileira de Pizzarias: Concurso que vai eleger a melhor pizza do Brasil.



2º Siab: International Techno Bake Exhibition: empresas italianas do setor de panificação apresentam novidades para o setor.

Talk Show: um bate papo com profissionais do setor de alimentação fora do lar.

Feira realizada simultaneamente com a TecnoSorvetes, Feira Internacional de Tecnologia para a Indústria de Sorveteria Profissional, e com o Espaço Café Brasil, Feira Internacional de Café.


E mais:

Espaço Orgânico


São 400m² de exposição de produtos in-natura, matérias-primas, insumos, equipamentos e serviços para o setor de orgânicos. Além da exposição, haverá uma mostra com coleção para chefs e artigos de mesa, utilizando algodão orgânico.





Edulcorantes

sexta-feira, 7 de maio de 2010


Fonte : Nutritotal acesso pela nutry up em 07/05/2010

Autor(a):       Chico Damaso
"Os edulcorantes, conhecidos como adoçantes, são indicados para quem não pode ingerir açúcar e/ou para portadores de doenças como diabetes e obesidade que necessitam de uma restrição calórica.

A legislação brasileira divide os adoçantes em naturais, sendo a mais conhecida a estévia, além da frutose e do sorbitol; e os artificiais, como aspartame, ciclamato e sacarina. O que difere as duas modalidades é a origem deste adoçante e também seu poder de doçura em relação ao açúcar. Os edulcorantes apresentam um poder adoçante maior.

Os adoçantes chamados naturais são originados de plantas ou moléculas de compostos naturais, como na lactose do leite, o lactitol; e a própria estévia, da planta Stevia rebaudiana, único edulcorante natural produzido em larga escala, cultivado nos países orientais, como China e Japão, e na fronteira do Paraguai. Já os artificiais são feitos a partir de moléculas sintéticas.

A estévia adoça 300 vezes mais que o açúcar. Já bastante consumido em países como o Japão, no Brasil chegou mais recentemente. Possui sabor residual amargo, mas tem o benefício de ser um adoçante natural.

Já o aspartame adoça 200 vezes mais que o açúcar, mas não tem o sabor amargo. Não é muito estável para uso culinário. A medida estabelecida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o seu consumo é de 40mg por quilo de peso diariamente.

Julianna Shibao, autora do livro Edulcorantes: aspectos químicos, tecnológicos e toxicológicos, afirma que nenhum dos edulcorantes permitidos no Brasil demonstrou até o momento efeito tóxico ao organismo. Em testes realizados com animais com doses muito elevadas observou-se alterações fisiológicas, mas que não são aplicadas aos humanos, uma vez os metabolismos são diferentes.

“O limite estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e Anvisa para a ingestão diária aceitável é calculado pelo peso do individuo e, dentro destes limites, não se observa risco de efeito deletério. Mas é importante salientar que, em quantidades excessivas, de cerca de dez vezes os limites, os edulcorantes podem causar de diarreia até efeitos neurológicos”, alerta Julianna.

As contra-indicações são para grávidas e mulheres que estão amamentando, para evitar que o bebê sofra algum tipo de alergia devido aos compostos sintéticos. Também não é recomendado em crianças, exceto para as que possuem diabetes ou obesidade, sempre devidamente orientadas por nutricionista ou médico.

O ciclamato e a sacarina são contra-indicados em casos específicos, como os hipertensos, devido à grande quantidade de sódio contido em sua formulação.

“É importante que a população fique bem atenta ao consumo de edulcorantes, que devem ser usados em casos indicados, na quantidade permitida por lei, para que não prejudiquem sua saúde”, alerta Julianna.

Bibliografia(s)

Inmetro. Edulcorantes e suas características. Disponível em: http://www.inmetro.gov.br/consumidor/produtos/adocantes.pdf. Acessado em 12/01/2010.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Notícias da Anvisa. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/DIVULGA/NOTICIAS/2008/190308.htm. Acessado em 12/01/2010.

Equivalência de dulçor e poder edulcorante de edulcorantes em função da temperatura de consumo em bebidas preparadas com chá-mate em pó solúvel. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/cta/v24n3/21941.pdf. Acessado em 12/01/2010.


 

Dia Mundial de Higienização das Mãos.

quarta-feira, 5 de maio de 2010


    "Nesta quarta-feira (5), comemora-se o Dia Mundial de Higienização das Mãos. Em todo o mundo, serão promovidas atividades para conscientizar os profissionais de saúde, os administradores hospitalares e a população sobre a importância da lavagem das mãos para a prevenção de infecções.

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) propõe, nesta data, o Primeiro Desafio Global para a Segurança do Paciente: uma jornada de mobilização para a higienização das mãos. A meta de 2010 é a participação de 10 mil hospitais.

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) convida os estabelecimentos de saúde de todo o país a participarem desse desafio, com o intuito de aumentar a adesão dos profissionais às boas práticas de higienização das mãos. Para participar, basta fazer o cadastro no site da OMS.

     O hábito de lavar e higienizar as mãos é fundamental para prevenir e reduzir infecções,  promovendo a segurança de pacientes, profissionais e demais usuários dos serviços de saúde."

Fonte: Imprensa / Anvisa  em 05/05/2010 
 

2009 ·Nutry Up by TNB